Um indivíduo de 27 anos, suspeito de participar do assassinato de João Vitor Rossato, de 24 anos, cometido no dia 29 de novembro, no bairro Divina Providência, foi preso pela Polícia Civil. Na mesma ação, um homem de 41 anos que estava foragido da Colônia Penal Agrícola de Charqueadas foi detido.

Durante as prisões, os policiais apreenderam um revólver calibre .38 municiado, arma que pode ter sido utilizada na prática do homicídio, além roupas camufladas semelhantes às usadas por forças policiais e uma pequena quantidade de cocaína.

O suspeito do assassinato foi ouvido e negou participação no crime. Já o indivíduo foragido é oriundo de Porto Alegre e faz parte de facção criminosa. A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e porte de arma de uso restrito, já que o revólver estava com a numeração raspada.

As prisões foram realizadas na segunda-feira (04) por policiais da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP).

Roupas similares às da polícia

As roupas apreendidas semelhantes às usadas pela polícia são iguais as que foram utilizadas nos assassinatos dos irmãos Gelson Adriano Tiliman, 39 anos, e Robson Luciano Tiliman, conhecido como Zé Galinha, 37 anos. Os irmãos foram executados com cerca de 50 tiros, em abril deste ano, também no bairro Divina Providência. À época, cinco homens com fardas camufladas, fortemente armados e disfarçados de policiais, invadiram a residência dos irmãos para cometer o duplo homicídio.

 

Foto: PC/Divulgação 

Postagens Recentes