O mutirão para a retirada dos fios e cabos em desuso nos postes das principais vias do Centro de Santa Maria segue nesta quarta-feira (12). A iniciativa começou na manhã desta terça-feira (11), na Rua do Acampamento. Sob a supervisão da Secretaria de Inovação e Tecnologia da Informação, os trabalhos tiveram início por volta das 8h e se encerram às 17h, devendo continuar nesta quarta-feira (12), no mesmo horário. Em caso de chuva, o mutirão será marcado para outra data.

O serviço na Acampamento partiu da esquina com a Rua Venâncio Aires e avançou até a esquina com a Rua Pinheiro Machado. Participaram da ação 20 empresas de telefonia, internet e tv a cabo, com o envolvimento de aproximadamente de 40 funcionários. Além da retirada, os fios remanescentes foram alinhados para ficarem mais organizados. Na atividade de quarta-feira, espera-se que toda a via seja contemplada pelo mutirão, chegando até o cruzamento com a Avenida Nossa Senhora da Medianeira.

“O primeiro dia de mutirão foi bastante efetivo e já conseguimos ver a diferença nos postes que deixaram de ter aqueles emaranhados de fios tão feios. Nós escolhemos começar por aqui por ser uma rua conhecida pelo comércio, onde milhares de pessoas transitam diariamente e percebem o quão bagunçado estes fios estavam”, disse o vice-prefeito Rodrigo Decimo, que acompanhou o início dos trabalhos”.

Também estiveram envolvidas na ação as secretarias de Infraestrutura e Serviços Públicos, de Meio Ambiente, e de Mobilidade Urbana, através da Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana (CTMU), que realizou bloqueios parciais na pista exclusiva para o transporte coletivo, conforme as equipes progrediam. Da mesma forma, equipes da Guarda Municipal e da RGE compareceram ao local.

Fios foram recolhidos de postes localizados na Rua do Acampamento. Fotos: Ariéli Ziegler/PMSM/Divulgação

DESTINAÇÃO DOS RESÍDUOS

Segundo o secretário de Inovação e Tecnologia da Informação, Tiago Sanchotene, estão sendo retirados os fios de tecnologias mais antigas, como os de base metálica, e que permaneceram nos postes mesmos após o encerramento do fornecimento do serviço. A remoção é responsabilidade da empresa que fez a instalação:

“O correto seria a empresa fazer a retirada de seus cabos no encerramento do plano com o consumidor, mas isso não acontece. Somente hoje, a Secretaria de Meio Ambiente recolheu aproximadamente 190 quilos destes cabos que serão destinados à Maringá Metais por serem considerados lixo tecnológico. Então, os mutirões são uma forma de garantir que isso seja feito regularmente”.

Como todas as empresas compartilhantes (que ocupam os postes) estiveram presentes, nenhuma multa, no valor de R$ 15 mil pelo não comparecimento, foi aplicada. A quantia foi uma decisão do promotor do Ministério Público do Estado Diego Corrêa de Barros, em audiência no início de junho. As penalidades são referentes a cada dia de mutirão, podendo ser executadas mais de uma vez. Confira, abaixo, o cronograma das atividades que vão ocorrer a cada 15 dias até dezembro.

Fonte: PMSM