A Prefeitura de Santa Maria publicou o processo licitatório para a contratação da nova empresa que administrará o Restaurante Popular Dom Ivo Lorscheiter. Os documentos estão disponíveis no site do Executivo Municipal, na aba Licitações.

O critério de escolha da empresa será o menor preço cobrado por refeição. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, custeará o valor máximo de R$ 7,52 por refeição servida. O investimento do Município utilizará recursos próprios da Prefeitura. O valor que será pago pelos cidadãos não mudará e segue em R$ 3, preço fixado pelo edital. A contratação exige o fornecimento de até 575 refeições diárias no horário do almoço, das 11h30min às 13h30min, de segunda a sexta-feira, exceto feriados.

O vínculo da Prefeitura com a nova administradora do Restaurante Popular terá a duração de 12 meses e poderá ser prorrogado por mais 60 meses. Até a assinatura da ordem de serviço, o local não irá fechar e seguirá sob administração da atual empresa contratada emergencialmente, a Alexandre Paz Cardoso – ME.

O secretário de Desenvolvimento Social, João Chaves, lembra que o compromisso de não interromper o funcionamento do Restaurante Popular é cumprido pela atual gestão. Voltado a pessoas em situação de vulnerabilidade social, o restaurante foi reaberto em 2019 após permanecer fechado por cerca de quatro anos.

“O Restaurante Popular é o equipamento das pessoas que mais precisam. O local não fica nenhum dia fechado. Prorrogamos o contrato com a atual gestão do local para que tenhamos tempo de assinar a ordem de serviço com a vencedora do pregão eletrônico (processo de seleção). A nossa gestão garante que os usuários do Restaurante Popular continuarão tendo acesso às refeições”, afirma o secretário.

As propostas das empresas interessadas serão abertas em 15 de março, às 8h30min. O Restaurante Popular Dom Ivo Lorscheiter fica ao lado da Prefeitura, na Rua Doutor Pantaleão, no Bairro Centro.

 

Fonte: Secretaria Extraordinária de Comunicação/PMSM

Foto: PMSM/Arquivo/Divulgação